A quem dar?

53
1146

Depois de quase duas semanas a arrumar cenas, resolvi fazer uma limpeza ao armário. Daquelas mesmo grandes. Resultado: tenho dois caixotes gigantes de roupa e sapatos para dar.

Aqui há uns anos, tentei oferecer tudo a uma igreja, para que fosse distribuído por gente carenciada. Mas fui tão maltratado (basicamente, recusaram-se a ficar com os caixotes e obrigaram-me a levá-los de volta, porque não estava lá “a pessoa responsável”), que, agora, gostava mesmo de entregar tudo a quem acolhe estas coisas com agrado.

Que instituições é que recomendam na zona de Lisboa? Aceito ideias. Muito obrigado.

53 Comentários

  1. Boa noite,
    por acaso a ler este post perdi a vergonha de perguntar se não há nenhuma roupa que me possam dar porque devido a problemas de força maior tive que sair de onde morava com a roupa do corpo…

    Fico à espera de alguém que me possa ajudar nessa questão.

    Deixo aqui o meu e-mail: mf49038@gmail.com

  2. Estagiei no CATMA! Centro de acolhimento temporário mãe d'água, na ruada alegria, em lisboa e recomendo que os aryigos sejam entregues lá. Aceitam de homem, mulher e ciança e lá qualquer pessoa recebe.Ficava muito agredecida porque testemunhei aquele trabalho e tudo o que puder fazer será sempre pouco.

  3. A loja solidária do restelo é sempre a minha opção! É na rua de Pedrouços e têm sempre pessoas carenciadas a ir la buscar roupa.. Experimente ligar para lá, acho q só abre dois e três dia por semana, os outros dias são para as pessoas lá irem buscar roupa e etc.

  4. Se forem coisas giras e se tiveres tempo tenta fazer um leilão e depois entregas o dinheiro ou compras alimentos! Provavelmente as roupas ficam ao abandono e assim garantes uma boa aplicação!!! É só uma ideia 🙂

  5. Aconselho a Legião da Boa Vontade, mais conhecida como LBV. Têm um excelente programa de apoio a famílias carenciadas e aos sem-abrigo. É uma Instituição que conheço muito bem porque já fiz parte, durante 6 anos, de uma das suas brigadas de rua.

    Avenida do Brasil, 33A 1700-062 Lisboa
    Telefone: (351) 21 715 4890
    Fax: (351) 21 715 4891

    site: http://www.lbv.pt/index.htm

  6. A Comunidade Vida e Paz!

    Conheço bem o trabalho deles e já tive oportunidade de colaborar! Têm um trabalho incrível! A sua roupa faria a diferença na vida daqueles homens!

    Beijinhos. Cláudia Serra

  7. Também recomendaria a Comunidade Vida e Paz, que faz um EXCELENTE trabalho.
    Lamento que tenha sido menos bem tratado na igreja onde se dirigiu… A Igreja deve ser acolhedora e disponível, mas é feita de pessoas… e as pessoas (também as que andam pela Igreja) nem sempre sabem ser acolhedoras e disponíveis. É pena… Andamos cá todos a aprender. Um abraço

  8. Olá Arrumadinho
    Vou dar-lhe uma ideia: dê pessoalmente a pessoas que saiba que precisam. E porquê?
    Porque em algumas instituições que eu conheço, fazem o seguinte: se a roupa for de qualidade, como calculo que seja, quem faz a distribuição mesmo sem precisar tanto como outros mais carenciados, vai ficar com ela para si ou família.
    Eu cheguei a ouvir o seguinte: Roupas tão boas para dar a sem abrigo nem pensar! Eu ouvi isso!!
    Eu sei que é triste mas é a realidade dura de hoje. Agora se quiser pense bem sobre isso, porque de certeza que conhece alguém ou alguém amigo de alguém que precisa por estar em muitas dificuldades. Aí talvez esteja a ajudar mesmo quem precisa.
    Eu infelizmente assisti a cenas dessas e fiquei indignada e decidi fazer assim como lhe estou a contar.

  9. Há uma loja solidária no restelo! Pode ir lá levar e depois eles distribuem a roupa , sapatos, brinquedos, …, por famílias carenciadas e pelos sem-abrigo. Eu dou-lhes tudo o que já não preciso e tenho a certeza de que eles cumprem o seu papel na perfeição! A loja não está sempre aberta porque quem lá trabalha são voluntários mas penso que se pode consultar o horário algures na internet. É na rua de pedrouços (perpendicular à rua do careca).

    Carmo

  10. O centro comunitário da paroquia de Carcavelos aceita para dar a famílias carenciadas e sem abrigo.
    Aproveito para divulgar outro projecto da paroquia que êh aceitar roupa, livros, loiça e outro tipo de bens usados ou semi-novos que são vendidos a preços simpáticos numa loja no centro comercial riviera em Carcavelos e cujas receitas servem para comprar medicamentos, comida, pagar contas de luz, agua e gás, e outras despesas básicas a famílias carenciadas de Carcavelos pois os despedimentos são muitos e há cada vez mais famílias cujo titulares dos rendimentos ficam desempregados e que não têm capacidade para fazer face as despesas do dia a dia, principalmente quando há filhos pequenos e adolescentes.
    Ines dias

  11. Todos os anos no inicio de cada estacão quando faço a limpeza aos armários, também coloco de parte as roupas q ja nao uso, que ja nao servem. Mas como os meus pais vivem numa aldeia e por lá a crise já existe faz tempo, e miséria começou a existir, a minha mãe sempre me diz quem precisa e lá vou eu com os saquinhos d porta a porta. Se há coisa que me enche o coração é ver o sorriso dessas pessoas, e alegria com que usam a roupa. Parabéns pelo seu gesto. Quando nao serve para nós, servirá certamente a alguém, não é a nossa moda, será a moda de alguém.

  12. A instituição da minha mãe faz um optimo trabalho e recebe com muito bom agrado … Basicamente vendem roupa e afins a preços mais basicos e com o dinheiro compram alimentos e fazem cabazes para matar muita fome por Oeiras.
    Solfrateno é o nome da Instituição

  13. Se alguém souber no Porto eu também agradeço. Mudei agora de casa e tenho mesmo muita coisa que já não uso para dar.

  14. Olá; penso que o serviço de voluntariado ou social dos hospitais recebem… puxando a brasa à minha sardinha penso que o hospital de São Jose recebe… depois há sempre a cruz vermelha portuguesa… E depois existem lojas que compram a 25 ou 50 centimos a peça…

  15. Olá Arrumadinho! Aconselho a C.A.S.A.(Centro de Apoio ao Sem-abrigo) que é uma associação sem fins lucrativos que consegue garantir o apoio diário a mais de 2000 pessoas sem abrigo em todo o país.
    A instituição necessita de produtos alimentares não rapidamente perecíveis, roupa de homem, calçado de homem, cobertores e sacos-cama, medicamentos e produtos de higiene.
    Pode doar na Praça Marechal Humberto Delgado e os contatos são tel. 212 419 968 | 21 726 92 86 telm. 960 041 374 email info@casa-apoioaosemabrigo.org
    Mais informações Site C.A.S.A

  16. AMI – Centros Porta Amiga

    Centro Porta Amiga de Chelas

    R. Ferreira de Castro, Lt. 385 cave

    Bairro da Flamenga – Zona N1 de Chelas

    1900-697 Lisboa

    Tel. 218 591 348 Fax: 218 394 185

    E-Mail: pa.chelas@ami.org.pt

    Horário de Funcionamento:

    De Segunda a Sexta-feira das 9h30 às 17h30

    Centro Porta Amiga das Olaias

    R. Américo Durão, loja 8 e 9

    1900-064 Lisboa

    Tel. 218 498 019

    Fax. 218 464 606

    E-Mail: pa.olaias@ami.org.pt

    Horário de Funcionamento:

    De Segunda a Sexta-feira das 9h30 às 17h30

  17. E que tal enviar tudo para o PR. Coitado que deve estar a precisar que com a reformazita dele de sete mil e tal euros por mês deve andar todo esfarrapado.

  18. Associação de Solidariedade de Apoio a Familias Carenciadas e aos Sem Abrigo
    Descrição da empresa
    A Associação Citador de Sonhos tem por objectivos a elaboração de eventos para recolha de bens alimentares e outros para apoiar famílias carenciadas e sem abrigo e o seu âmbito de acção abrange o concelho de Lisboa podendo estender-se a outros concelhos do País.
    Informação geral
    A Associação Citador de Sonhos é uma Associação de Solidariedade de Apoio a Famílias Carenciadas e aos Sem Abrigo.

    Tem por objectivos a elaboração de eventos para recolha de bens alimentares e outros para apoiar famílias carenciadas e sem abrigo e o seu âmbito de acção abrange o concelho de Lisboa.

    Distribui alimentos (pontualmente), vestuário; calçado; mobiliário; material escolar; brinquedos; electrodomésticos entre outros.

    A Associação Citador de Sonhos conta com o apoio de voluntários com carros para recolhas e entregas a famílias que necessitam de apoios e arrumações na sede.

    Rua da Prata , 59, 1100-413 Lisboa

  19. Associação de Solidariedade de Apoio a Familias Carenciadas e aos Sem Abrigo
    Descrição da empresa
    A Associação Citador de Sonhos tem por objectivos a elaboração de eventos para recolha de bens alimentares e outros para apoiar famílias carenciadas e sem abrigo e o seu âmbito de acção abrange o concelho de Lisboa podendo estender-se a outros concelhos do País.
    Informação geral
    A Associação Citador de Sonhos é uma Associação de Solidariedade de Apoio a Famílias Carenciadas e aos Sem Abrigo.

    Tem por objectivos a elaboração de eventos para recolha de bens alimentares e outros para apoiar famílias carenciadas e sem abrigo e o seu âmbito de acção abrange o concelho de Lisboa.

    Distribui alimentos (pontualmente), vestuário; calçado; mobiliário; material escolar; brinquedos; electrodomésticos entre outros.

    A Associação Citador de Sonhos conta com o apoio de voluntários com carros para recolhas e entregas a famílias que necessitam de apoios e arrumações na sede.

    Rua da Prata , 59, 1100-413 Lisboa

  20. O Centro Social da Paróquia de S. Sebastião da Pedreira (a escola dos meus filhos). Está ligado à igreja de S. Sebastião da Pedreira e recebe e distribuiu roupa e comida pelos sem abrigo que lá vão diariamente – e neste momento são mesmo muitos.
    A Comunidade Vida e Paz também é uma boa opção.

  21. a comunidade Vida e Paz vai à frente 🙂
    às vezes as igrejas não aceitam porque têm muita ou querem evitar ter que tratar das roupas (lavar e fazer uma separação entre o bom e mau)

  22. Recomendo o IN-Mouraria. É um centro social que funciona na Mouraria (duh!) e é um projecto da associação GAT, uma associação que trabalha com pessoas infectadas pelo VIH/SIDA. O IN-Mouraria funciona em dois horários distintos e trabalha com pessoas migrantes e pessoas que consomem drogas. Naquele espaço fazem-se cuidados básicos de saúde, rastreios a doenças como o VIH, Hepatites, etc (onde, nos casos positivos, se encaminham as pessoas para os hospitais e serviços adequados) e onde são fornecidas necessidades básicas (alimentação e roupeiro) acesso a material de consumo e informação sobre sexo mais seguro.
    Estamos sempre à procura de quem nos possa ceder roupas e alimentos, pelo que qualquer ajuda será bem-vinda.

    Mais informações aqui:
    http://www.gatportugal.org/content/default.asp?idcat=EmCurso&idCatM=Projetos&idContent=DF3508A1-F4FE-4CF4-97AE-327EEA3EAFB9
    http://www.gatportugal.org/content/default.asp?idcat=EmCurso&idCatM=Projetos&idContent=05A3854D-8969-48EF-9126-0B766AB0940E

  23. Casa da Ameixoeira
    Situada em Lisboa, o Centro de Acolhimento Temporário Casa da Ameixoeira iniciou a sua actividade a 12 de Abril de 2004
    (Na altura, conhecida como Casa das Amoreiras)
    visando o acolhimento de 8 jovens do sexo masculino com idades compreendidas entre os 12 aos 18 anos.

    Mudou de instalações para a zona da Ameixoeira em 2005,aumentando a sua capacidade para 10 jovens.

    Morada:
    Rua Fernanda Alves, Lote 3, R/ch Esqº
    1750-014 Lisboa

    Tel: 217 551 248/9
    Fax: 217 551 189

    Ver mais aqui: http://www.crescerser.org/pt-pt/inicio.aspx

    Anabela Branco

  24. Em Lisboa não posso ajudar Arrumadinho, mas queria só manifestar a solidariedade de quem sabe que nem sempre na Igreja as coisas são como esperaríamos. Na minha zona foram firmes ao dizer que preferiam dnheiro a roupa…

  25. Comunidade Vida e Paz, associação que se dedica ao apoio e reinserção das pessoas sem abrigo da cidade de Lisboa. Roupa de homem vale ouro e se possivel sapatos e roupa interior. A CVP aceita tudo e distribui às pessoas realmente necessitadas, as que vivem na rua.
    http://www.cvidaepaz.pt/

  26. Pessoalmente sugiro a Comunidade Vida e Paz.

    'Missao: Ir ao encontro e acolher pessoas sem-abrigo, ou em situação de vulnerabilidade social, ajudando-as a recuperar a sua dignidade e a (re)construir o seu projeto de vida, através de uma ação integrada de prevenção, reabilitação e reinserção.'

    http://cvidaepaz.pt/site/

    Rua Domingos Bomtempo, nº 7
    1700-142 Lisboa

    Telf: 21 846 01 65
    Fax: 21849 53 10
    Tlm:91234 02 22
    Email: geral@alvalade.cvidaepaz.pt

  27. Acho que neste momento faz todo sentido dar à cruz vermelha porque é lá que as pessoas estão a ir em busca de alimentos e roupa, principalmente desempregados e famílias obrigadas a recorrer a subsidios.

  28. Olá
    Sou voluntária no banco de roupa da CVP – Comunidade Vida e Paz – e estamos a precisar bastante de roupa de homem.
    Se puder entregar na nossa sede seria óptimo senão podemos combinar qq outra coisa.
    A morada da CVP é: Rua Domingos Bomtempo, nº 7
    1700-142 Lisboa
    já agora junto envio o site ds CVP para q conheça: http://cvidaepaz.pt/site/
    Obgda
    Isabel Baptista

DEIXE UMA RESPOSTA