Ajudar custa nada quando se pode salvar

0
341

Há uns meses, quando ganhou grande dimensão pública o problema do filho do jogador do Benfica Carlos Martins, que necessitava de um dador de medula óssea compatível para sobreviver, fiz aqui um apelo para que todos ajudassem, contribuíssem, também pelo Gustavo, mas não só pelo Gustavo, já que a doação pode servir para ajudar qualquer outra pessoa com a qual sejamos compatíveis.

Há dias chegou-me um novo apelo, desta feita para ajudar um rapaz, o Luís Filipe, que sofre de Leucemia, e depende de um dador compatível. Uma vez mais, pelo Luís, e por todos os Luíses, deixo aqui um pedido para que ajudem. Não custa rigorosamente nada, principalmente se comparado com a grandeza que é salvar uma vida.

Como nem sempre é fácil saber o que fazer, deixo aqui as datas e locais onde poderão dirigir-se para dar o vosso contributo. O Luís agradece, eu agradeço e acho que todos nós agradecemos, porque não sabemos se não seremos nós, amanhã, a precisar.

3 de Dezembro – Braga – Museu D. Diogo de Sousa
5 de Dezembro – Viana do Castelo – Instituto Politécnico
7 de Dezembro – Aveiro – Merc. Mun. Santiago – Sede adasca
10 de Dezembro – Braga – Museu D. Diogo Sousa
13 de Dezembro – Porto – Instituto Politécnico
13 de Dezembro – Portimão – Universidade ALG
17 de Dezembro – Braga – Museu D. Diogo Sousa
26 de Dezembro – Barcelos – Bombeiros Voluntários
5 de Janeiro – Setúbal – Cruz Vermelha Portuguesa

1 Comentário

  1. Ahahah como sempre existem pessoas a falarem sem saber o que dizem, tal como falamos no sábado Ricardo.
    Parabéns por esta iniciativa e por seres a pessoa que és, super simpático 🙂
    (ah, e estás a falhar com a publicação da foto com as tuas fãs conimbricenses :p)
    Beijinhos,
    Joana

  2. A médica explicou-me que havia duas formas de fazer a doacção. Nem sempre é preciso anestesia geral e cabe a nós a decisão sobre a forma de doar. Os médicos emitem um parecer mas a decisão final é sempre nossa. Eu continuo a aguardar que me digam qqr coisa. Se me apetece ficar no hospital internado? Claro que não mas se isso for necessário para salvar alguém vamos a isso!!

  3. Espero que tenha a opurtunidade de me mostrar que nao é um falso … Alias até alguém ser mesmo dador aqui nao há dadores apenas possíveis dadores… Possíveis bons samaritanos… E a realidade mostra que em Portugal nao passa disso de possíveis! Infelizmente …

  4. Já é dadora? Era bom que partilhase então a experiência de ter doado medula parapeitos de mos percebermos como é realmente se doi como foi? Nao conheço casos de dadores de medula adorava ouvir a versão de alguém que já o fez!! Boa ai esta um tema interresssante

  5. E sr Arrumadínho todos os que se registam nao são doadores são apenas possíveis… E se trabalha se na área convivia com a realidade de que quase ninguém deste banco de dados doa na hora que é preciso pq hoje em dia na net somos todos tão bonzinhos mas na realidade nao fazemos o que postamos… Infelizmente…

  6. Este anónimo se calhar sabe e vive diariamente com as respostas negativas das pessoas que são possíveis dadoras mas na hora H de fazerem uma anestesia geral e passarem 15 dias até ficarm boas dizem nao obrigada nao vou doar nada… Sim pq na realidade estes peditórios são apenas de dados nao são da medula.

  7. Ó Anónimo das 08:24. Devia ter vergonha no seu comentário! Lá por você ser um cobarde de não ser capaz de doar medula, não quer dizer que os outros sejam iguais. Quem me dera que um dia me ligassem a dizer que sou compativel com alguém e saber que vou salvar esse alguém… acho que deve ser uma sensação óptima. Que pobreza de espírito o seu….

  8. Arrumadinho, vais estar amanhã na conferência de imprensa da MAC?

    Embora não tenha qualquer ligação especial, admiro o trabalho da Maternidade Alfredo da Costa, sou lisboeta, sou mulher e….sou portuguesa acima de tudo.

    Já deves saber que o governo mandou encerrar a MAC até ao final do ano 'sem mais formalidades'.

    Sem explicação, de repente, sem justificação, querem fechar a maior e melhor maternidade do país? Se a Troika manda fechar x hospitais, então vá de fazer uma escolha, mas… fechar o melhor que temos? É como ter de fechar x universidades e escolher o Técnico ou a Nova, mantendo abertas as Independentes…

    O problema não é fechar as paredes e cobiçarem o edifício no centro de Lisboa (que foi doado pelo Dr.Alfredo da Costa à cidade de Lisboa 'para ser uma maternidade'), se querem tanto lá construir um centro comercial ou um hotel de charme, a MAC pode ir em bloco para outro sítio, o crime é desmantelar uma equipa e know how que demora anos a construir…Se isso acontecer, será irrecuperável.

    Em vez de guerras, violência ou greve, vamos mas é todos festejar os 80 anos da MAC, nem que seja pela última vez. amanhã todos nos Jerónimos às 20h para a grande festa de anos da MAC, para mostrar a toda a comunicação social que, perante ameaça, os portugueses respondem com Amor pelo que é seu. É graças à MAC que estamos no top dos melhores do mundo em cuidados infantis e tão baixa mortalidade.

    Bem, isto merecia um post!

    bjs e bom trabalho!!

  9. É tudo muito bonito … Chegam lá dão sangue e pronto sentem se bem com o dever tranquilo somos todos bons sanaríamos e o Arrumadínho um anjo… Mas sabem que é raro alguém da base de dados realmente qd contactado ter a coragem de se submeter a anestesia geral para doar células? Ou a tonar factores de crescimento? Queria mesmo ver se o Arrumadínho e os outros bons samaritamos tem coragem de doar medula!

  10. Obrigada pela divulgação. É, de facto, importante sensibilizar as pessoas para esta causa.

    Já agora deixo um tema que gostava que pudesse explorar, e denunciar. Segundo a minha onco-hematologista, há muitos "dadores" que, chegando a hora H, se recusam a avançar.

    É algo que me ultrapassa, e revolta. Fica a dica.

  11. já sou dadora há vários anos, sou, porque acho que não devemos ficar pelas palavras, mas sim pelos atos. É triste ver que muitas pessoas só se sensibilizam quando envolve figuras públicas, por vezes o vizinho do lado precisa, mas não se liga nenhuma, pois a vida de cada ser humano tem toda o mesmo valor, independente da classe social em que se está inserido.É de louvar que hája pessoas como o arrumadinho, que se preocupam em ajudar aqueles que tanto dependem dos outros para verem uma luz ao fundo do tunel……

  12. Já estou inscrita e já partilhei os locais no meu Facebook. Mas é incrível, com a informação que há hoje à disposição, ainda há gente que não se inscreve porque tem medo e tem a cabeça cheia de ideias erradas…

  13. Eu fui considerado compatível com alguém. É um sentimento estranho que se apodera de nós quando recebemos o telefonema. Obviamente q me prontifiquei de imediato a realizar o que fosse necessário e o primeiro passo foi fazer nova recolha para análise. Algum tempo depois recebo uma carta em casa a dizer q o assunto não estava esquecido, que continuavam em testes e q em breve me diriam qqr coisa. Até agora nada.

    Q seja por uma boa razão.

  14. Quem quer ajudar, para além destes locais pode dirigir-se ao hospital ou centro de saúde mais próximo e dizer que quer ser dador. Podem fazê-lo em qualquer ponto do país. Já para não falar que em Lisboa há recolhas todos os dias

  15. Já estou inscrita há muitos anos.
    Se um dia alguém precisar, arregaço logo as mangas!
    Era bom se todos se decidissem rapidamente a ir dar sangue!

  16. Salvar uma vida deve ser demasiado gratificante!! Tenho mta pena de n poder doar seja o q for por ser anémica. Espero q quem possa ajudar q o faça! Este ano ja fui a um funeral de um menino de 15 anos q tinha leucemia. Horrível!! Passar no hospital n custa mt, ajudem!

DEIXE UMA RESPOSTA