Conspirações

0
161

Odeio teorias da conspiração. Seja qual for o enquadramento. Acho que são coisas que vêm quase sempre de cabeças pequeninas que não encontram argumentos lógicos para contrariar qualquer coisa e, então, inventam esquemas retorcidos para tentar criar uma suspeição mascarada de suposta verdade.

Este fenómeno é muito frequente nos locais de trabalho e no futebol.

Nos empregos, é normal criarem-se teorias conspirativas que justifiquem a promoção ou o aumento salarial desta ou daquela pessoa, o despedimento de alguém ou os supostos envolvimentos amorosos entre este e aquele.

“Ela põe sempre o carro no -3. Ele tem lugar no -1. De certeza que isto é propositado, só para não darem nas vistas”.

“Não viste que eles hoje chegaram os dois de cabelo molhado. De certeza que foram dormir a algum sítio. As malas que trazem dos ginásios são só para disfarçar”.

No futebol a coisa é ainda mais hilariante. Mas mesmo pensando nas melhores teorias fictícias não conseguiria encontrar uma tão boa como a que foi elaborada hoje por Carlos Severino, candidato à presidência do Sporting.

Bom, para Severino, que até já foi meu colega em várias reportagens, quando ambos trabalhávamos na área de desporto, Jesualdo Ferreira é um infiltrado do FC Porto que está no Sporting apenas para destruir o clube de dentro. A sério. Ele disse mesmo isto. E quer ser levado a sério. Mas a coisa não ficou assim no ar. Ele concretizou esta teoria dando um exemplo: segundo Carlos Severino, depois do jogo com o Estoril, Jesualdo Ferreira criticou o guarda-redes Rui Patrício apenas para o desmoralizar, já que o jogo seguinte do Sporting é contra o FC Porto. Logo, se Rui Patrício for desmoralizado, o FC Porto poderá ter a tarefa mais facilitada.

Sr. Severino, acredita mesmo neste tipo de disparates? E acha que é com estas coisas que vai ganhar votos de pessoas com mais de dois dedos de testa?

Ora então, se de facto Jesualdo fosse um infiltrado do FC Porto, não seria mais fácil, simplesmente, não colocar Rui Patrício a jogar? Ou inventar uma táctica suicida?

Mas pronto, depois do “Sócio, estou aqui concentradíssimo” de Paulo Futre nas eleições passadas era necessário, desta vez, inventar um novo humorista que traga um pouco de comédia às eleições do Sporting.

Por muito que ache que Jesualdo Ferreira não é um grande treinador – e acho -, tenho a certeza que é um homem íntegro, um excelente profissional e um exemplo para muita gente no mundo da bola. Os candidatos à presidência do Sporting deviam estar agradecidos por terem um homem da grandeza de Jesualdo à frente de uma equipa de futebol tão medíocre como a que o Sporting tem este ano.

1 Comentário

  1. "E acha que é com estas coisas que vai ganhar votos de pessoas com mais de dois dedos de testa?"

    Não acha. Ele sabe que vai ter menos de 1% dos votos. O que ele quer é notoriedade e a ver se lhe arranjam um tacho quando for lançada a Sporting TV.

  2. Concordo quando dizes que a teoria do conspiração é no mínimo rebuscada, mas já agora sou da mesma opinião de Carlos Severino em relação a Jesualdo ter criticado Patrício e já agora também Wolfswinkel. Se o primeiro é o melhor jogador do Sporting de longe e responsável por muito pontinho esta época, o segundo,se bem que menos consensual, é dos poucos que tem cumprido o seu papel. Criticá-los na comunicação social para quem quiser ouvir depois de uma derrota pesada não acho que seja a melhor estratégia. Para que serve o balneário?

    E não podia estar mais em desacordo com a última frase do post. Nem Jesualdo é um homem com muita grandeza, nem o Sporting tem uma equipa medíocre. (nota-se que sou do Sporting?)

  3. Eu estou a ser vítima de conspiração da minha (ex-) chefe – não me paga o que deve! Registem 'XICOESPERTO – CENTRO DE ESTUDOS' (Aveiro). Não acreditem numa palavra do q essa senhora disser… Força malta! Um abraço!

DEIXE UMA RESPOSTA