Onde é que estavas quando morreu a Diana?

146
1019

Estreia amanhã o filme “Diana”, sobre a vida da princesa do povo.

Por muito que não queiramos saber de realezas — e eu não quero, nunca sei bem quem é filho de quem, nem quem é príncipe do quê — todos, ou quase todos, recordamos o dia em que Diana morreu. É quase como se fosse o “Onde é que estavas no 25 de Abril?” dos nossos tempos. Hoje é mais: “Onde é que estavas quando soubeste da morte da Diana?”. Quase todos sabemos responder. Eu sei, e a resposta é a mais improvável de todas: estava num concerto da Ruth Marlene. Sim, num concerto da Ruth Marlene, é verdade. Não porque adore ouvi-la, não porque ela estivesse a dar um espectáculo num sítio onde eu estava de férias, mas sim porque estava a acompanhar uma reportagem sobre os bastidores do mundo pimba, que teve como foco o acompanhamento de um artista — neste caso, a Ruth Marlene.

E é esse o desafio que eu quero partilhar aqui com todos. Respondam lá: “Onde é que estavam, e o que é que estavam a fazer quando souberam da morte da Diana?”. Vamos ver o quão engraçadas podem ser as respostas, e se alguém consegue bater a minha.

146 Comentários

  1. Eu estava em Lisboa, e a minha mãe e irmãos em casa dos meus avós em Celorico da Beira. Quando os meus irmãos disseram, morreu a Diana quem ia morrendo era a minha mãe a pensar que tinha sido eu a morrer. Eu fiquei abalada com a notícia.

  2. Eu era pequena e estava a brincar na casa de uma vizinha. Mas lembro-me de ter entrado em choque, de ter ido para casa, ter acompanhado as noticias noite dentro, e pode parecer estúpido mas chorei, nem sei porque, mas sei que chorei como se estivesse a fazer o meu luto. [Sou muito chorona eu 🙂 tenho a sensibilidade à flor da pele 🙂 ]. Custou-me imenso dormir nessa noite e nas noites seguinte, na minha mente mantinham-se as imagens do túnel, e do carro, e depois das homenagens que as pessoas faziam à Princesa no local do acidente 🙁

  3. Nesse verão eu, os meus pais e uns amigos andámos a fazer uma viagem incrível pela Europa de carro. Espanha França Inglaterra Bélgica Holanda…. Já em regresso estivemos 5 dias em Paris, onde lembro perfeitamente os locais que visitei inclusive as famosas pontes. Manha antes do acidente viemos embora, passamos em poitier onde dormimos um pouco e muito de madrugada arrancamos para Portugal. Ao passar a fronteira paramos numa estação de serviço e não se falava de outra coisa….. Tinha 22 anos e fiquei confusa pois horas antes eu tinha estado naquele sítio! No verão seguinte fiz uma viagem a Londres e ainda me lembro de ficar impressionada com as flores e papéis e bonequinhos e velas no palácio de kensington. Foi intenso.

  4. Todos não… Eu não faço a mínima ideia!
    Lembro-me do 25 de Abril, da morte do Sá Carneiro (horrível, soube por um bêbado que estava na rua a comemorar), do Chiado a arder, do 11 de Setembro, mas da Diana, nem aí!

  5. Eu só soube da morte da Diana durante a manhã. Estava em casa de férias de um amigo meu, na Aroeira, e acordámos para ver os bonecos animados! Escusado que não deu, e ficámos a manhã toda a ouvir as noticias.

  6. Por acaso acho que nos tempos que correm é mais “onde é que estavas no 11 de Setembro?”. Mas respondendo ao desafio lembro-me perfeitamente, era miúda e estava com a minha irmã no sofá a ver os desenhos animados, as duas já fartas das “férias grandes” quando deu a notícia. Lá em casa não se falou noutra coisa nos dias seguintes, sempre a acompanhar as notícias e lembro-me da teoria da minha irmã mais velha que muito céptica dizia que aquilo era tudo uma encenação. Que ela tinha ido viver para sempre numa ilha longínqua longe dos paparazzi onde os filhos a visitavam esporadicamente. Deve ser a mesma ilha onde mora o Elvis:)

  7. Verao de 1997. Doze anos feitos ha dois meses e uma ansiedade misturada com o panico de entrar numa escola nova dai a uns dias… Soube por uma amiga da minha mae que lhe cochichou isso na missa e corremos pa casa mal acabou pa confirmar…vimos o funeral…acho que a minha mae,que me chamou sara e isabel devido a realeza britanica,olhava naqueles dias pa mim com pena de nao me ter nominado Diana…. Loool

  8. Era ainda pequenita e fiquei mesmo muito chateada, pois passei a semana toda a esperar pelo episódio duplo do Dragon Ball, no sábado e estragou-me os planos.

  9. Eu estava a caminho da Bracalândia (um parque de diversões em Braga, que já não existe)! Ouvimos na rádio e lembro-me que fiquei triste… gostava muito de ler as notícias sobre ela nas revistas, documentários, etc e achava-a boa pessoa, que iria fazer falta ao mundo.
    Tinha cerca de 13 anos na altura.

  10. Eu tinha na altura 17 anos, e estava com familiares na praia do Baleal e só quando chegamos a casa a minha avó deu-nos esta triste notícia.
    Lembro-me perfeitamente do funeral, e chorei quando Elton John cantou a música que original foi de Marilyn Monroe e que adaptou-a para Diana. Esta música ficou mundialmente conhecida tal como a imagem e história da Lady Dy.

  11. Ahaha! É bem verdade, acho que toda a gente se deve lembrar do 1 de Maio de 2012. Eu também não estava no Pingo Doce mas lembro-me bem de onde estava e de que toda a gente se estava a queixar da confusão…

  12. Provavelmente estaria em casa dos meus pais, na minha vila natal. Mas recordo-me como se fosse hoje da hora em que soube a notícia: eu estava dentro do carro dos meus pais, com o meu pai e o meu irmão, à porta do Centro de Saúde do meu concelho e ouvi a notícia na Rádio. A minha mãe estava com uma otite e tinha ido às urgências. Aguardávamos que ela saísse.

  13. Lembro-me perfeitamente. Vinha de regresso das férias no Norte, com o meu pai de carro algures no IP3, quando ouvimos a noticia na RFM. Nem queria acreditar. O meu pai ficou tão zonzo que teve de encostar o carro na berma da estrada e ficámos ali um bocadinho.
    Há coisas que não se esquecem!

  14. Olha que há coisas que não esquecemos mesmo… No momento que se ouviu na rádio que a Diana teria morrido num acidente de viação em Paris era muito cedinho e eu estava em viagem para Fátima com a famelga toda, TODA, com farnel incluído. Era bastante miúda e aquilo marcou-me bastante!

    Beijinho*

  15. Eu tinha 14 anos, estava de férias e a minha mãe acordou-me cedo para me dizer que a Princesa Diana tinha morrido. Nunca mais me esqueci desse momento.
    Ricardo, esta tua ideia foi muito boa! É incrível como todos se lembram perfeitamente!

  16. Nem consigo imaginar a sensação que foi. As orações já são intensas por si, mas receber uma noticia tão mediática lá ainda deve contribuir mais para a coisa 🙂

  17. É engraçado como todos nos lembramos do que estávamos a fazer em dias memoráveis. Com o 11 de setembro foi exactamente o mesmo.

    Nesse dia de 1997, não tinha sequer cinco anos (fá-los-ia dois meses depois) e ainda vivia em França. Lembro-me perfeitamente de estar a ver o telejornal com a minha mãe e de desatar a chorar quando ouvi “Diana morreu”. Como tenho uma prima de que gosto muito, chamada Diana, pensei que tivesse sido ela a morrer (eu ainda não tinha a noção de que pode haver mais do que uma pessoa com o mesmo nome) e fiquei inconsolável. Foi preciso mostrarem-me imagens da princesa e explicarem quem era ela para eu acreditar. E lembro-me de que estava um céu cinzento muito estranho.

    É mesmo interessante como o cérebro retém tudo isto 🙂

  18. Morreu 1 dia antes de eu fazer 14 anos… tinha um carinho especial pela princesa com o mesmo nome que o meu. Estava em casa do meu pai e liguei a tv de manhã onde me deparei com essa triste notícia… lembro-me perfeitamente!

  19. Eu estava de férias no Algarve. Numa pequena aldeia que o Ricardo e a Ana também conhecem …
    Soube de manhã, quando acordei. Fiquei muito surpreendido e fui logo contar à minha mulher.

  20. Na altura o meu Pai tinha uma cadelinha chamada Diana. Quando a minha vizinha soube da morte da Princesa Diana foi a correr dizer ao marido.
    – “Ó Manel a Diana morreu.”
    – “Quem a cadelinha do Sr. Almeida.”
    Esta ficou para sempre e a Diana (cadelinha) ainda viveu uns bons anos.

  21. Eu era pequenina…. Cerca de 8 anos… e estava as 7h30 da manha sozinha na sala a jogar consola… e quando mudei para a TV estava a dar a noticia e fui a correr contar à minha mãe =P

  22. Lembro-me que estava na piscina com colegas minhas, quando alguém trouxe essa noticia. O mais curioso é que no dia anterior ao folhearmos uma revista cor de rosa, que explorava o relacionamento amoroso entre a Diana e o seu novo amor que era Dodi Al-Fayed, falamos de como ela deveria estar feliz, porque, falava-se que estaria grávida também.
    Naquele dia 31 de Agosto, não se falava que Diana tinha morrido, só de Dodi Al-Fayed, por isso, estávamos na expectativa que recuperasse, não só por ela, mas pela gravidez e os seus outros filhos que ainda eram pequenos.
    Triste história de vida da ‘princesa do povo’…

  23. Estava em casa dos meus pais, a chorar a despedida de um namorado que partia nessa manhã para alemanha, tinha eu 18 anos. Só vi a notícia de manhã e fartei-me de chorar pois o meu estado de espírito só dava para isso…

  24. Só soube no dia seguinte de manhã, porque a minha mãe me acordou com essa notícia. Tinha chegado às tantas da manhã de uma festa popular. Estava de férias em Abrantes!
    Incrível como nos lembramos onde estávamos quando a princesa Diana morreu….

  25. Estava com a minha madrinha na missa e o padre pediu para rezar mos pela Princesa Diana e eu a pensar porque? Só quando cheguei ao carro é que percebi que ela tinha morrido…

  26. Na altura trabalhava na Toys´r us Colombo. Era o meu primeiro emprego, estávamos a montar a loja, o C.C.Colombo iria ser inaugurado 15 dias depois. Entrei de manhã sem saber nada e saí sem nada saber, fui apanhar o Autocarro para a Charneca da Caparica à Praça de Espanha para ir ter à casa de praia do meu namorado, mas como não sabia os horários fiquei 2 horas à espera, quando cheguei ao destino eram 10 da noite, andavam todos desesperados sem saber de mim, naquela altura quase ninguém ainda tinha telemóvel… Depois de me darem um ralhete, disseram-me que a princesa tinha morrido. Fiquei bastante triste.

  27. Estava de férias e nessa noite tínhamos saído até tarde. Lembro-me de acordar com o meu irmão que entrou no quarto a perguntar “sabes quem morreu?” sento-me automaticamente na cama, o meu coração batia tão depressa que parecia que ia saltar a qualquer momento, esperava pelo nome de alguém próximo… quando ele diz “foi a princesa Diana”, caí imediatamente para trás e senti um alivio muito grande… grande susto ser acordada com tal pergunta. Depois, claro, caiu-me a ficha e nem queria acreditar em tal fatalidade.

  28. Recordo-me como fosse ontem:
    A minha avó tinha falecido uns dias antes. A minha mãe na manhã em que se soube que a Diana tinha falecido, perguntou-me “Sabes quem morreu?”. Eu na minha inocência dos 10 anos, respondi “A avó”. Então a minha mãe contou-me que a Diana tinha morrido naquela madrugada. E eu perguntei-lhe se fora durante alguma cirurgia plástica…

    E claro, depois daquela fatídica manhã gramamos com revistas, jornais, documentários e noticiários sobre ela. E o único canal que dava desenhos animados no dia do funeral dela era o cartoon network.

  29. lembro-me muito bem desse dia! Tinha 12 anos e estava a passar férias num aldeamento de férias no algarve . Lembro-me que estávamos a lanchar quando ouvimos a noticia do acidente na televisão. Ficámos todos de boca aberta sem conseguirmos acreditar muito bem no que estava a acontecer!

    ahh já agora, gosto muito do teu blog 🙂

    Rita

  30. Lembro-me bem desse dia. Tinha 20 anos, estava em Londres (onde vivo há 20 anos), e quando o despertador tocou sintonizado na BBC London Radio ouvi que a Diana tinha morrido. Seguiu-se uma das semanas mais surreais que já vivi neste país, só comparável à altura dos atentados de Julho de 2005.

  31. Tenho 22 anos e lembro-me perfeitamente! Na altura penso que tinha 6 anos e tocou-me particularmente por ela ter deixado dois filhos tão novos. Tocou-me porque não tenho mãe, morreu quando tinha 1 ano. Estava a jantar com o meu pai e o meu irmão. Perguntei quem era, lá me foi explicado e quando acabei de jantar fui para o quarto chorar.

  32. No dia que a Diana morreu fui passear com a família toda (pais, tios, primos) para Peniche. O meu pai que adora contar “histórias” chegou do trabalho ( eram cerca das 6 da manhã) com a noticia, ninguém acreditou nele, só quando paramos no caminho para tomarmos o pequeno almoço é que vimos pela televisão que de facto era verdade e não apenas uma história do meu pai para meter- se com a irmã, que adorava a Diana.

  33. Não contar nada? Parece.me que o propósito falhou. Disse o que era mais importante. Mas bom :X

    Quanto à morte da Princesa Diana, acho que devo ser a unica que não faz a minima ideia de onde estava e a fazer o quê quando soube da noticia. Não faço ideia, apesar de ter 26 anos neste momento e por isso já não era tão pequenina assim mas não faço ideia. No entanto, tenho memória do funeral, das noticia, tudo isso sim. É um acontecimento incontornável da história mundial, é um facto 😉

  34. Lembro-me, estava precisamente num acidente de carro, em plena auto-estrada na Suíça. E tudo por causa de um táxista alemão que se lembrou de fazer coisas que não devia.

  35. Estava num acampamento de escuteiros algures na zona de Santarém quando alguém chegou com a noticia. Era uma miúda mas lembro-me que me custou a acreditar que pudesse ser verdade

  36. Eu estava a sair de casa com a minha mãe e do outro lado da rua estava o meu pai e o construtor da casa. E foram eles que disseram que a princesa Diana tinha morrido. Na altura não acreditei e lembro-me que a minha mãe tb ficou meia esbasbacada.

  37. Tinha 11 anos mas lembro-me perfeitamente, como se fosse hoje. Mas a notícia não teve um enquadramento tão sui generis como esse..!

    Era sábado de manhã e foi ao acordar que a minha mãe nos contou, meio abalada, o que tinha acontecido. É incrível que na altura eu era minúscula e não devia fazer a menor ideia do que representava a Princesa Diana, embora todos os dias a ‘visse’ na lata de chá da minha mãe (comemorativa do casamento dela com o princípe Carlos..!) que ainda hoje mora lá em casa…

  38. Eu estava no Algarve a passar férias com os meus pais. Como a maioria das raparigas da minha idade via na princesa Diana uma heroína, acordei e lembro me de ficar “presa” e em choque a ver as notícias…

  39. Uau!!!! Estou a ver que também és o maior fã do Dexter, tal como eu, Arrumadinho!!! Eu não perdi um único episódio das várias temporadas!!!! E como vibrei com cada minuto de cada episódio de cada temporada!!!!! A MELHOR SÉRIE DE SEMPRE! Quase que me atrevo a dizer que estava apaixonada pelo Dexter! Ihihihihihihihihi! Infelizmente para mim também já acabou… Já vi o último episódio… Confesso que fiquei um pouco desiludida com o facto de ele se tentar matar para proteger a namorada e o filho. Foi como se fosse o fim de um mito!!! Isto é, na minha opinião uma tentativa de suicídio é uma fraqueza humana que não encaixa nada bem na personagem Dexter! Já o facto de ele ter matado a irmã que estava ligada às máquinas pareceu-me genial!!!!! 5 estrelas!! Muito a ver com a frieza característica do Dexter! Excelente.
    Aviso-te já que é um episódio com fortes emoções! Mas não vou contar nada para não estragar! 😉

  40. Bem…eu estava na casa de uma tia minha, e preparava-me para jogar o “super mario”. Acontece que com a noticia de última hora a anuciar a morte da princesa, escusado será dizer que o jogo ficou adiado 😛

  41. Eu estava sentada no tapete da sala a ver televisão, quando a minha mãe me deu a noticia. Acho que fiquei de boca aberta e não quis acreditar. Até sei a roupa que tinha vestida. Realmente à coisas que nos marcam.

  42. Lembro-me que era domingo e que tinha acordado à pouco tempo (era jovem e tinha-me deitado de madrugada), estava a começar a preparar qualquer coisa para comer e ligo a tv na SIc , como sempre, (hábito antigo) e vejo notícia de última hora, princesa Diana perde a vida em acidente de viação em Paris.

    Vieram-me as lágrimas aos olhos, não por ela ser princesa, mas porque a tinha em alguma consideração, principalmente por causa da luta pela desminagem dos campos em Angola.

    Verdade, também que sendo gaja, em tempos tb havia sonhado em casar assim como ela, com um vestido “lindo”, numa grande catedral, com um príncipe encantado”.

    Hoje sabemos que Carlos não era encantado, apesar de ser príncipe , era mais tipo sapo e eu casei com um homem encantador que não é príncipe , mas que podia muito bem ser.

  43. Estava de férias em casa da minha avó paterna, e a ver desenhos animados no Canal 1 🙂 Não me lembro se interromperam a emissão ou se a notícia foi dada num intervalo… mas sei que fiquei chocada.

  44. A minha de engraçada não tem nada… era pequena e o meu irmão nesse dia resolveu levantar-se de madrugada para ver bonecos e eu, claro, fui atrás. A minha mãe deve ter ouvido o barulho da televisão e aquele que inicialmente seria um raspanete para irmos para a cama, acabou em três pessoas coladas à televisão porque a “Princesa do Povo” tinha morrido.
    Era pequena mas lembro-me bem.

  45. Eu tinha 6 anos e estava na casa da minha tia a comer Chocapic (lembro-me desse pormenor porque era uma coisa rara na altura) quando começou a passar isso no telejornal. Não prestei atenção nem sabia do que se tratava mas lembro-me perfeitamente do choque que foi para a minha tia.

  46. Estava a regressar de umas férias em Benidorme, de madrugada.

    A piada aqui só está no facto de eu na altura ter 5 anos e ainda hoje me lembrar perfeitamente disso!

  47. Sei perfeitamente onde estava no dia em que Diana morreu (como sei onde estava no 11 de Setembro)! No dia 31 de Agosto, ia a caminho de Lisboa, levar o meu pai ao aeroporto, que, tal como muitos outros emigrantes, ia regressar para o país onde nesse momento trabalhava. O voo era cedo, pelo que fomos surpreendidos pela notícia muito cedo, pela TSF, durante a viagem. Como muitas outras pessoas certamente, no início custou-me a acreditar.

    Uns poucos dias mais tarde viajava eu para o Reino Unido, onde ia dar início a um ano de ERASMUS. A dor dos ingleses pela morte de Diana era verdadeiramente impressionante e atingia todas as idades. Os meus colega ingleses, caloiros, de 17 anos, tinham chorado no dia da morte da Diana. Verdadeiramente impressionante!

  48. Lembro-me como se fosse hoje.
    Nesse dia fui à praia com a família, quando voltámos a casa e liguei a TV, a primeira coisa que ouvi foi: “morreu a princesa do povo”. Foi um choque, acho que todos ficámos em choque durante muito tempo. Também assisti à cerimónia fúnebre pela tv. Confesso que ainda hoje sou incapaz de ouvir a canção do Elton J. sem me emocionar.
    Anos mais tarde, tive oportunidade de passar pelo túnel do acidente.
    Acho que este dia, tal como o 11 de Setembro, ficará para sempre na nossa memória.

  49. Ora a resposta é fácil, ainda não tinha 10 anos. Estáva sentada no sofá da sala quando deu a noticia na televisão, como o titulo era “noticia de ultima hora” fui logo ter com a minha mãe que estava noutra divisão e disse com a maior naturalidade “A princesa Diana morreu!” a minha mãe ficou pasmada, a dizer que eu devia ter visto mal, que ela era muito nova. A verdade é que infelizmente era mesmo verdade. Nunca mais me esqueci desse dia.

  50. Estava no parque de campismo da Costa de Caparica, a passar férias com os meus avós. Tinha 12 anos e lembro-me de ficar estarrecida a ver noticia.

  51. Muito bom! Já eu estava de férias, em casa do meu avô em Vila Real de Santo António. Lembro-me como se fosse hoje. Desse dia e do dia em que o Grandela ardeu…

  52. Eu estava em Serpa com o meu namorado ( hoje marido) no restaurante ” Zé Lebrinha” a comer uma bela de uma febrinha de porco preto ( especialidade da casa na altura).

  53. Estava a dormir e acordei com a notícia, eram umas 7 da manhã. Estava de partida para as gravuras de Foz Côa, viagem organizada pelos meus pais porque tinham decidido seguir Arqueologia. No entanto eu estava muito triste porque essa viagem ia interromper as minhas férias na praia onde eu tinha começado no engate com o nadador salvador!

  54. Apesar de só ter 6 anos na altura, lembro me perfeitamente. Estava em casa de uma tia com a restante família para comemorar o seu aniversário, quando deu a noticia na televisão e ficaram todos bastante espantados. Não percebi um muito bem o que se passar, então explicaram me que tinha morrido um princesa.

  55. Começo por dizer que para mim o “onde é que estavas no 25 de Abril?” do nosso tempo é “onde é que estavas no 11 de Setembro?”.
    Lembro-me bem onde estava no dia que se soube que tinha morrido a princesa Diana: estava na minha cama a ver os desenhos animados. Lembro-me que comecei a chamar a minha mãe e não podia acreditar. Foi a primeira vez que vi alguém tão importante no mundo morrer, e de uma forma tão comum como um acidente de carro. Fiquei chocada na verdade, parecia que estas pessoas não podiam morrer, e afinal podiam.

  56. Tinha acabado de chegar ao Oura-hotel no Algarve, era hora do almoço e fomos procurar um restaurante, íamos no passeio e passou uma senhora de idade a chorar que nos deu a triste notícia.

    Célia

  57. Tinha os meus dez anos, era o último dia de férias dos meus pais e estávamos em pleno ritual anual: ao fazer a viagem de volta a casa, fazíamos sempre uma pequena paragem em Évora. Dávamos umas voltinhas e depois íamos comprar umas queijadinhas maravilhosas (que agora são falsas :p). Como nos tinham roubado a antena do carro, íamos a ouvir música em cassetes, por isso não ouvimos as notícias na rádio, mas quando parámos em Évora não passou muito tempo até nos apercebermos do que se passava.
    Não é uma história engraçada, mas nunca mais me esqueci do dia.

  58. Estava de férias em Santa Eulália, e soube da notícia pela rádio enquanto andava às compras no supermercado Marrachinho da Oura.
    Mas curiosamente foi um dia de festa porque uma tia minha, que estava connosco de férias, fazia anos. A partir daí foi impossível não me lembrar do dia em que a Princesa Diana morreu.

  59. Acho que ninguém consegue bater a tua xD
    Eu estava em casa.. tinha acabado de acordar, dirigi-me à cozinha, onde estava a minha mãe e a minha tia, e elas estavam a ver a notícia na televisão.

  60. Dificilmente alguém bate a tua, parece-me… 🙂
    Mas eu lembro sempre desse dia porque estava a partilhar com um primo que faz anos nesse dia e em que toda a familia se junta. Logo todos os 31 de Agosto, que continuamos a festejar todos juntos essa data vai à baila.

  61. Eu estava a sair de uma discoteca, por volta das 6.00 da manhã.
    Entramos no carro, ligamos o radio e ouvimos a noticia.
    Fiquei incrédula. Nem queria acreditar.
    Elsa

  62. Eu estava dentro do carro do meu pai, com a minha melhor amiga a Rita(que também, tal como a Diana, já partiu deste mundo) . Ele tinha-nos ido buscar a casa da Rita porque nessa noite “dormi” lá porque fomos para a rambóia para a Ribeira (sou do Porto).
    Quando estávamos a chegar a minha casa, o meu pai resolveu dar-nos a notícia, mas claro, nós não acreditamos. Ouvimos então na rádio e ficamos as duas em silêncio, incrédulas!!

    Ainda hoje, sempre que passo pela zona onde o meu pai nos deu a notícia, recordo-me perfeitamente de mim a olhar para a Rita, meias chocadas!

    Quando visitei Paris, fui lá ao sítio onde a Diana morreu (que mórbido, lol, mas também é ponto turístico.) Tirei foto e tudo, só não deu para partilhar esta experiência com a Rita…ela já tinha partido 🙁

  63. A minha resposta é banalíssima: estava de férias! Estava em La Manga del Mar Menor (Espanha) e fiquei chocada com a notícia, confesso!

  64. Estava em casa a preparar-me para ir para um casamento.
    Estava a ouvir a Antena 3 quando o locutor deu a noticia no meio de 2 musicas. Não quis acreditar e liguei a TV e vi que estavam a passar documentários sobre a vida dela.
    Fui para o casamento e foi o tema de conversa do dia.

  65. Eu estava a vir do Tamariz, do alto dos meus 18 anos! Vinha com o meu naromado na altura, de comemorar o nosso 2º aniversário de namoro! Ouvimos falar do acidente no rádio e pensámos que estavam a exagerar, “amanhã já está tudo bem”… Enganámo-nos bem! 🙁

  66. Eu não me lembro de como sube (tinha 7/8 anos) mas lembro-me de ver o funeral em direto na tv, e a minha avó chorava tanto que durante anos pensei que ela conhecesse mesmo a Diana! Lool

  67. Eu só vi/ouvi a notícia na manhã do dia seguinte, enquanto estava a descascar batatas para o almoço. E nunca mais me esqueci que naquele dia ajudei a minha tia a fazer o almoço!
    E nos dias seguintes vi todo o tipo de reportagens e documentários sobre a vida de Diana.

  68. Bem eu tinha 9 anos na altura e estava em casa a ver as navegantes da lua, quando de repente a noticia foi dada…

    Por acaso a morte da Diana fica para sempre na memória (até porque na altura não se falou de outra coisa durante dias) assim como o 11 de setembro…penso que são daqueles dias em que pensamos sempre “eu neste dia estava…”.

    E sim é difícil bater um concerto da Ruth Marlene 😀

  69. Eu tinha 8 anos na altura, não faço a minima do que andava a fazer!
    Mas lembro-me perfeitamente do mundo ter parado por causa da morte da Princesa!
    Consigo lembrar-me do que estava a fazer no 11 de Setembro, mas da morte da Diana, não…

  70. Eu estava na Lousã a passar férias com a minha amiga Isabel Ferreira. Umas excelentes e inesqueciveis férias e foi um choque quando ligàmos a Tv e ouvimos a noticia!

  71. Eu estava no algarve de férias! Lembro-me como se fosse hoje de ouvir a minha mae dizer “a Lady Di faleceu!”. Foi uma noticia muito triste :S

  72. Acordei por volta das cinco da manhã. Estava no campeonato nacional de juvenis e ia ao Algarve ter um jogo. Como tal tinha de estar no clube às seis para seguir viagem. Quando chegamos ao carro o meu pai ligou o rádio na antena1 e falavam do sucedido.

    homem sem blogue
    homemsemblogue.blogspot.pt

  73. Eu, estava em casa a dormir, e acordei com um telefonema da minha irmã para me contar o sucedido. Estava em vésperas de sair de Viagem em trabalho, e, no dia do funeral estava em Villach, na Aústria, onde chorei baba e ranho a ver o funeral no quarto de hotel. Chorei as minhas penas, o funeral da princesa serviu como catalizador. E é isso.

  74. Lembro-me perfeita-me…

    Curiosamente, estava a ver o Eastenders (uma especie de telenovela inglesa que teve sei lá quantas temporadas) no BBC Prime.
    Interromperam a emissão, e a partir daí não fui capaz de largar a televisão durante o resto do dia.

  75. Tinha 23 anos e estava a estagiar na “falecida” A Capital. Foram dias loucos, com tudo a correr na redacção. Sei que fiz um texto sobre a Abadia de Westminster, onde se iniciaram as cerimónias fúnebres, para além de outras coisas. Dias depois, morre também a Madre Teresa de Calcutá.
    Foi um estágio muito louco. Se horas para sair. A olhar os telex’s a sair e sem internet. Eram telefonemas sem fim.

  76. eu tinha os meus singelos 11anos e quando soube da noticia tinha chegado a casa depois de uma ida à praia que não aconteceu porque estava de chuva..não sra..não bate a tua resposta!mas sei que nunca me esqueci daquele dia por acaso..
    assim como do 11/09..do 25 de Abril olhe tenho pena..não posso dar para esse peditório =)
    mas posso dar para o do 01 de Maio de 2012..não estava no Pingo Doce não sra..=)

  77. Acho que estava a dormir porque só soube na manhã seguinte que ela tinha morrido. A minha mãe (que me deu o mesmo nome por causa da princesa) foi me acordar para me dizer que ela tinha morrido.

  78. Estava no sofá a ver tv ‘a fazer horas’ para a minha avó me levar à catequese… e começou a dar a notícia em ‘última hora’. Por acaso é algo que me lembro como se fosse hoje. E depois no caminho para a catequese só se ouviam as pessoas a comentar ‘ah morreu a Princesa Diana!’…

  79. Ah ah. O que já me ri.
    Vi-me reportada para uma noite de excessos na Kapital, seguida de um pequeno-almoço num daqueles tascos manhoso da 24 de Julho, onde passava a newsflash ,em roda-pé ,na TV.
    Bons tempos! 🙂

  80. Estava a ter uma “fantástica” discussão com a minha ex-sogra, que foi interrompida, exactamente com a notícia da morte da Princesa Diana! A discussão parou no momento! Não continuou mais…

  81. Tinha 18 anos, estava em casa da minha avó (passei lá a noite) e ao levantar-me de manhã, liguei a TV e estava a dar a notícia. Fiquei o resto da manhã sentada com a minha tia a ver o noticiário.

  82. Lembro-me perfeitamente! Estava de férias na Serra da Estrela e no regresso a casa ouvi de manhã pela rádio a noticia da morte da princesa Diana.

  83. Olá Arrumadinho,

    De facto será difícil bater a originalidade do sitio onde estava. Mais do que original é, de facto, surpreendente, vale a explicação laboral para o sucedido 😉
    Eu estava em casa, tenho ideia que seria fim de semana, pois também a minha mãe estava em casa e lembro-me de ter ligado a televisão e ter visto as imagens e o anuncio em letras garrafais e ter ficado em choque. Como, de resto fico quase sempre em situações de mortes prematuras, conheça ou não as vitimas.
    Vi a apresentação do filme, na semana passada quando fui ver «O Mordomo» mas, de todas as apresentações, foi a que menos me entusiasmou. Considero, porém, que a Princesa Diana deixou a sua marca e que poderá ser interessante conhecer a história narrada pelo filme.

  84. Lembro-me perfeitamente…hoje tenho 27 anos. Mas quando a Princesa Diana morreu, recordo-me de entrar no quarto dos meus pais e a minha mãe estar a chorar, e disse-me “morreu a princesa Diana e tinha a minha idade”.Eu era miúda mas esse momento marcou-me.. Deixe-me aproveitar para dizer que gosto imenso da forma como escreve.

  85. Apesar de ainda ser pequena na altura, recordo-me que ia a caminho do Algarve de férias com os meus pais e quando paramos para almoçar, vimos a notícia no telejornal.
    Lembro-me deste momento tal como do momento da noticia do 11 de Setembro…

  86. Estava em casa à espera que rebentasse a bolsa das aguas para ir para a maternidade ser mãe pela 1ª vez. 🙂 Como trabalhava para um empresa inglesa uma colega ligou-me pelas 09h00 a dizer que tinha uma mensagem da sede no correio interno a comunicar o falecimento da princesa.

  87. Passava férias de Verão, em família, em Montemor-o-Novo e, acabada de acordar à hora do almoço, desgrenhada e ainda sonolenta, chego à sala e dizem-me: A princesa Diana morreu! Parece que estou a ver; tudo colado ao telejornal das 13:00, qual almoço, qual quê…

  88. Estava na Alemanha, a entrar na estação de comboio de Munique com uma amiga quando olho para a televisão gigante à entrada, que estava a passer o notíciário, e leio que ela tinha morrido num acidente de carro. Era cedo, por volta das 6h e ainda estava zonza de sono, recordo-me de ter ficado meio embasbacada a olhar para a notícia..

  89. Quando soube da noticia, estava na casa de banho a arranjar-me porque ia ter um almoço de familia. A minha mae entrou e disse a princesa morreu! Fiquei em choque, isto porque, tinha uma prima pequena que os meus tios insistiam de chamar de princesa vezes sem conta sem se aperceberem do quanto isso era irritante.

  90. Eu tinha 9 anos mas lembro-me bem onde estava.
    Era de manhã, estava em casa, e como habitualmente o fazia, fui ver as notícias no teletexto da televisão.
    A primeira notícia era logo a da morte da princesa Diana!
    Fui logo contar aos meus pais!

  91. Estava nas festas da Atalaia, e fomos buscar a minha avó a casa de uma tia que mora lá quando estava a dar na televisão no acidente, a morte ainda não tinha sido anunciada!

  92. Estava em Taize, uma comunidade ecuménica, e soube no decorrer da celebração da Páscoa no momento da oração dos fieis em que uma das preces do frade/irmão foi pela família da princesa Diana.

  93. Vinha de uma viagem de castelo de bode porque o pai de uma amiga tinha falecido… não acreditávamos nem na noticia da morte do pai dela e muito menos na morte da Diana… tudo parecia retirado da pior ficção de sempre.

    Memorias…

  94. Ora bem, sabendo que eu na altura tinha uns 7 aninhos acabadinhos da fazer, e era uma peste do pior, lá estava eu na sala de estar da minha avó materna a ver o noticiário e a comer gelatina de laranja, sim porque eu até o sabor ainda me lembro, quando vi a notícia.
    Lá vou eu a correr corredor fora e quando chego a cozinha digo logo a minha mãe: a princesa Diana morreu mamã…
    Ao que ela me diz logo, tu estas tola rapariga vai pra sala vai, ao que eu digo mas é verdade esta a dar nas notícias!!!
    Após isto foi a família toda a correr pra sala ver as imagens que retratavam a morte desta tão adorada princesa.
    FIM

  95. Pois bem… Estava de férias na Praia da Vieira! 🙂 Recordo-me de ter sido acordada por uma tia aos gritos que a Lady Di tinha morrido!! E com 16 anos, depois de uma noite agradável com as primas e primos… Nunca esperamos acordar daquela forma! Mas calhou-me!
    Ah! Tia emigrante na Suíça… Que utilizava expressões como “bordel” em vez de confusão; “pubella” em vez de lixo… Enfim! Do melhor! 🙂

  96. Eu estava numa festa de aniversário de uma amiga, qd a minha mãe me liga eram umas 2h da madrugada, preocupada comigo pq a princesa Diana tinha morrido. Coisas de mãe.

  97. Em casa, a dormir, e em vésperas de partir para Inglaterra viver. Foi um ano em que ninguém esqueceu que eles tinham morrido – havia livros de condolências em tudo quanto era sítio e o Harrods tinha um canto só dedicado ao filho e à princesa.

  98. Em casa, a dormir, e em vésperas de partir para Inglaterra viver. Foi um ano em que ninguém esqueceu que eles tinham morrido – havia livros de condolências em tudo quanto era sítio e o Harrods tinha um canto só dedicado ao filho e à princesa.

  99. Estava a ver desenhos animados quando interromperam para dar a notícia da morte da princesa. Lembro-me de ficar muito aborrecida de me estarem a privar do meu prazer da manhã. Tinha 8 anos mas lembro-me perfeitamente 🙂

DEIXE UMA RESPOSTA