Se me encontrarem numa vala, já sabem…

18
2535

… foram os fãs do Badoxa.

Vários senhores (e/ou senhoras, não consigo perceber bem) estão a enviar-me comentários com ameaças. Parece que não se pode criticar a kizomba. Deve ser uma instituição sagrada e eu não sabia.

Por isso, se me acontecer qualquer coisa de grave nos próximos dias, já sabem, foram os badoxitas e as badoxetes que me fizeram a folha.

18 Comentários

  1. Lol imagino…é que são todos Charlie, e todos pela liberdade de expressão e de emitir opiniões. O problema é que a opinião (seja de que forma for) que não seja de acordo com a deles é crime lesa-majestade. E depois é o ataque e a revolta e o insulto…e porque não se gosta de kizombadas e essa tralha toda, é-se um xenófobo. Se for em relação à nossa música “pimba” és pouco respeitador das tradições?!? E podes acrescentar o que quiseres…e a liberdade é isto, se não és por mim és contra mim.
    Tristeza…

  2. Eu também não me senti incomodada. Sarcasmo é uma coisa, ameaçar porrada é outra bem diferente. Humor responde-se com humor e não com o punho fechado.

  3. Eu não só não me senti minimamente incomodada, como me ri muito e subscrevo!

    E digo mais: eu adorava que os Badoxafãs pudessem gozar com as músicas que eu gosto, cada vez que elas passassem na rádio… Pelo menos significava que elas ainda íam passando! Ihihih 😀

  4. “Qualquer pessoa com bom senso, gostando ou não do estilo musical, sente-se incomodado (…)”
    Eu não me senti nada incomodada. x’D

  5. ahaha a música é má, se é que se pode chamar música a isso!! É uma praga! Pela maneira como se está a espalhar, e como É UMA COISA MÁ, só pode ser uma praga!! Venham atrás de mim também! ahaha 😉

    livebyy.blogspot.pt

  6. Não foi criticado por não gostar de kizomba mas sim por ter expressado a sua opinião de forma quase gozona. O que fez não foi uma critica construtiva mas apenas vontade de falar mal. Qualquer pessoa com bom senso, gostando ou não do estilo musical, sente-se incomodado com a forma com falou. independentemente de ter ou não razão.

  7. A pior ameaça que me podiam fazer era obrigar-me a ouvir música africana, kizombas e kuduros, durante umas horas. Tortura, ao nível de gitmo. Não é xenofobia, é gosto. Que não se discute. Mas pronto, há quem goste do Toni, há os adeptos do Mickael, há de tudo.

    Também há até quem seja do Benfica, por isso…

  8. Eu se fosse a ti começava a ter umas aulinhas de kizomba para estar ao mesmo nível caso eles decidam avançar com a concretização das ameaças 😛

DEIXE UMA RESPOSTA